Lei de Direitos Autorais (Direitos de Autor e Direitos Conexos)

Essas obras literárias são protegidas pela lei número 9.610 de 19 de Fevereiro de 1998.http://legislacao.planalto.gov.br/legisla/legislacao.nsf/Viw_Identificacao/lei%209.610-1998?OpenDocument

sexta-feira, 12 de maio de 2017

Meu grito

Meu grito
Heleno de Paula




Mãos trêmulas, a caneta em disparate, não consegue permear o papel com a sua cotidiana poesia.
As retinas em alarde, surtaram, acabaram de testemunhar, alvejaram mais pobre, negro, arrebatado pela violência do dia a dia.
O pensamento consternado, pasma-se.
Mais uma bala amarga a doce vida de uma criança nesta cidade.
A mãe, como se vendo a alma do filho saltar-lhe o frágil corpo que ao curto prazo, apenas oito anos o guardava, não ora, sem blasfemar, a Deus brava, o porquê de ter que velar a quem mais amava.
Transeuntes alheios ao sofrimento na companhia de autoridades que refutavam o acontecimento.
Gritos por justiça...
Punhos cerrados...
Sonhos cerceados...
Sensação de impunidade.
Mais gritos ecoam, faz-se um motim.
Inflam-se os pulmões, ressoam cívicos...
Covardes!
Em mim, o medo, a lágrima, a revolta...
O Estado a bancarrota.
Na mãe, nada suplanta a dor, só há saudade.

sexta-feira, 13 de janeiro de 2017

Um dia explico

Um dia explico
Heleno de Paula




Não queira chorar o meu choro,
Tampouco sofrer minhas dores.
Nem mesmo a saudade que eu sinto,
Compare aos lamentos tão seus.

Deus, me deu uma vida a levar...
Cuidou de tudo, soube bem
Um dia explico.

Deus,
Doou-me a ti, oh, minha mãe
Quis me rever, não penses mal
É só o ciclo

Pai, e se o pranto causar a revolta,
Blasfemarem em vão?
Se carecem de paz na alma...
Faz a redenção!
O amor prevalece, acalanta...
Dá voz a cada coração!

Pai, e se o tom entristece...
E agora, o que conforta?
Não temer jamais?!?
É certeza que a fé suplanta...
O que aprendi de Vós?!?
A esperança é chama perene!
Oremos nós.


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...